Custos do tratamento da úlcera venosa

Home/ Operadoras/ Custos do tratamento da úlcera venosa

As úlceras venosas (UVs) podem ser de difícil cicatrização e, muitas vezes, o paciente convive com esta lesão por anos sem obter a cicatrização. Estima-se que elas sejam responsáveis por aproximadamente 70% a 90% das úlceras crônicas de membros inferiores. A incidência desta lesão aumenta com a idade, sendo maior na faixa de 65 a 70 anos, atingindo mais as mulheres. Além disso, esse tipo de úlcera apresenta recorrência em aproximadamente 70% dos casos. 1,4

A pessoa com úlcera venosa é atendida com frequência para consultas médicas e de enfermagem, trocas de curativos com sucessivas mudanças do tratamento tópico e, as vezes, sem a associação de qualquer terapia de compressão. 2 

O impacto de uma UV representa custos sociais, pessoais, financeiros e psicológicos para o indivíduo e um custo adicional para o sistema de saúde. Isso traz o desafio de fornecer um serviço padronizado para essas úlceras e que ofereça tratamento baseado em evidências. É reconhecido que existem variações nas práticas e barreiras que impedem a implementação das melhores práticas. 5 

As estimativas colocam os custos totais para o tratamento de úlceras venosas em 1% dos orçamentos de saúde em muitos países industrializados. 3No Reino Unido, as UVs custam £ 168-198 milhões por ano, já na Alemanha, o custo médio anual da doença para um paciente com úlcera de perna foi estimado em 9.060 euros. Estima-se que os custos anuais para o tratamento de UVs atinjam entre 2,5 e 3,5 bilhões de dólares nos Estados Unidos4,6. Os custos exatos do tratamento de feridas no Brasil ainda são pouco conhecidos devido aos escassos estudos nessa área,6 mas o sistema de saúde sente um alto impacto com a cronicidade desses pacientes. 

Para que se possa reduzir os custos e aumentar a efetividade do tratamento de UVs, é essencial que os profissionais da saúde conheçam os fundamentos da Economia da Saúde e introduzam este conhecimento em sua prática profissional.5,6 

Na maioria das vezes, as instituições de saúde optam por intervenções de menor custo no tratamento de UVs, sem analisar minuciosamente a efetividade dos diferentes tratamentos. Em muitos casos, a intervenção de menor custo não será a mais efetiva e sua utilização poderá retardar o processo de cicatrização da lesão. Quando o processo de cicatrização da ferida atrasa, o custo total do tratamento pode se tornar mais alto do que o custo de um tratamento no qual uma intervenção mais efetiva e de maior custo é utilizada desde o início.6 

Os profissionais de saúde e as instituições devem basear-se em diretrizes e consensos para orientarem a sua prática clínica e estar habituados com uma prática efetiva. Esses julgamentos sistemáticos podem ajudar no desenvolvimento de políticas e na tomada de decisões, melhorar a comunicação, reduzir erros e melhorar os resultados dos pacientes.5 

Referências 

  1. Chacon, J. M. F., Blanes, L., Borba, L. G., Rocha, L. R. M., & Ferreira, L. M. (2017). Direct variable cost of the topical treatment of stages III and IV pressure injuries incurred in a public university hospital. Journal of Tissue Viability, 26(2), 108–112. https://doi.org/10.1016/j.jtv.2016.12.003 
  2. Franks, P., Barker, J., Collier, M., & Al., E. (2016). Managemetn of patientes with venous leg ulcers: Challenger and current best pratice. J Wound Care, 25(6), 1–67. 
  3. Ma, H., O’Donnell, T. F., Rosen, N. A., & Iafrati, M. D. (2014). The real cost of treating venous ulcers in a contemporary vascular practice. Journal of Vascular Surgery: Venous and Lymphatic Disorders, 2(4), 355–361. https://doi.org/10.1016/j.jvsv.2014.04.006 
  4. Paulo, U. D. S., & Paulo, S. (2007). Revista Latino-Americana de Enfermagem ISSN : 0104-1169 Universidade de São Paulo Brasil Urizzi , Fabiane ; Corrêa , Adriana Katia Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Sistema de Informação Científica Rede de Revi. 
  5. Guest, J. F., Fuller, G. W., & Vowden, P. (2018). Venous leg ulcer management in clinical practice in the UK: costs and outcomes. International Wound Journal, 15(1), 29–37. https://doi.org/10.1111/iwj.12814 
  6. Todd, M. (2018). Assessment and management of older people with venous leg ulcers. Nursing Older People, 30(5), 39–48. https://doi.org/10.7748/nop.2018.e1004 

Operadoras de saúde

Operadoras de Saúde Custos do tratamento da úlcera venosa

Custos do tratamento da úlcera venosa

As úlceras venosas (UVs) podem ser de difícil cicatrização e, muitas vezes, o paciente convive com esta lesão por anos sem obter a cicatrização. Estima-se que elas sejam responsáveis por aproximadamente 70% a 90% das úlceras crônicas de membros inferiores. A incidência desta lesão aumenta com a idade, sendo maior na faixa de 65 a […]

Continuar lendo
Operadoras de Saúde Custos da estomia

Custos da estomia

A prescrição do equipamento coletor deve enfatizar a qualidade da assistência relacionada à segurança, proteção, conforto, praticidade e economia.  Segurança no que diz respeito à adesividade do produto, controle do efluente, odores e ruídos. A proteção está relacionada à manutenção da pele íntegra.

Continuar lendo
Operadoras de Saúde Custos do Tratamento  de Lesão por Pressão

Custos do Tratamento de Lesão por Pressão

A literatura define lesão por pressão (LP) como um dano localizado na pele e/ou tecidos moles subjacentes sobre uma proeminência óssea ou relacionada ao uso de dispositivo médico.

Continuar lendo